Agora 06:00 - 07:30A Estranha Perfeita (França)
Esta Noite 20:00 - 21:30Assaltaram o Banco (França)

O cinema da Bósnia e Herzegovina

O cinema da Bósnia e Herzegovina

commandant_bauk

Major Bauk

Como parte da ex-Iugoslávia, a história do cinema da Bósnia e Herzegovina é comparável e semelhante aos outros países que faziam parte da Iugoslávia, tendo frequentemente semelhança em suas histórias e argumentos na tela grande. No entanto, esta história também é inovadora.

As primeiras tentativas de fazer filmes na Bósnia-Herzegovina desde 1950 pode ser atribuída à primeira longa-metragem Bósnia chamada Major Bauk (1950). Curiosamente, poucos desses primeiros filmes foram dirigidos por bósnios de nascimento. Assim, os diretores de outras repúblicas iugoslavas lideravam a produção nas empresas cinematográficas de Sarajevo, incluindo nomes de Sérvios, Croatas e Eslovenos como Vojislav Nanović, Stole Popović, Fadil Hadžić, Veljko Bulajić y Igor Pretnar.

Apesar de compartilhar uma história de etno-nacionalismo com outras antigas repúblicas iugoslavas, o cinema Bósnio tentou quebrar o molde, concentrando seus argumentos sobre o suspense e, claro, no trágico destino sofrido por milhares de pessoas durante a Guerra da Bósnia.

Entre as produções de cinema mais importantes da Bósnia-Herzegovina é No Man’s Land (2001) por Danis Tanovic. O filme oferece um retrato inovador da guerra que mostra a luta pela sobrevivência de dois soldados inimigos presos em uma trincheira entre as linhas inimigas. A representação dos costumes compartilhados por soldados inimigos no conflito e a direção impecável concedeu a No Man’s Land o Prêmio Oscar ao Melhor Filme Estrangeiro em 2001.

    

no_mans_land

No Man's Land

emir_kusturica

Emir Kusturica

E como se para um país menor que São Paulo não fora suficiente para diretores talentosos, outro grande nome – provavelmente o mais famoso –  do cinema Bósnio é o diretor nascido em Sarajevo Emir Kusturica, vencedor de duas Palmas de Ouro em Cannes e Comendador da Ordem das Artes e Letras da França, criada para reconhecer contribuições significativas para a arte. Apesar que, Emir Kusturica é parte da história do cinema Bósnio o diretor possui nacionalidade Servia.

A Bósnia e Herzegovina é também o lar do maior festival de cinema na Europa Oriental: o Festival Internacional de Cinema de Sarajevo, estabelecido durante o cerco de Sarajevo, no final da guerra. O festival tem atraído várias estreias e estrelas de Hollywood como Angelina Jolie, Bono do U2, Brad Pitt, Orlando Bloom, entre outros. Recentemente, em uma aliança com o Berlunale, o Festival de Cinema de Sarajevo estabeleceu um campo de relações e de talentos como plataforma educacional para trazer o cinema do leste e oeste da Europa.

Voltar ao Eurocinema

Inscreva-se para receber o Boletim Informativo do Eurochannel!

Não perca as nossas últimas programações, sorteios e eventos exclusivos!